quinta-feira, 11 de junho de 2009

Os últimos serão os primeiros ... Diz o ditado

Chegou a última seleção que estava faltando para o início da Copa das Confederações. Acompanhei, de longe, o pouso da equipe no aeroporto internacional, Tambo, em Joanesburgo. Em seguida, depois de quase uma hora na alfândega complicada dos sulafricanos, essa seleção seguiu, em avião de menor porte, para o acanhado - já disse aqui - aeroporto da cidade de Bloemfontein.
Disponibilizei abaixo, um trecho da matéria que fizemos para a TV Bandeirantes, contando parte dessa história. E, como é a proposta do blog, tem coisas que a gente só fica sabendo aqui. Então, vamos lá. Quando me preparava para deixar o aeroporto - descendo uma imensa escada rolante - vislumbrei a alegria de três pessoas que faziam o caminho inverso. O sorriso acima da normalidade, forçou-me procurar entender aquilo. Na mão de um deles, o que parecia ser uma camisa da seleção brasileira de futebol. Foi tudo muito rápido, tentei subir a mesma escada, mas os alegres rapazes sumiram na imensidão daquele aeroporto.
Ninguém é capaz de tirar da minha cabeça que era um presente e que aqueles alegres rapazes estavam chegando junto com a seleção. Eram comissários de bordo, pilotos. Sejá lá o que for. Teria sido um grande depoimento. Não consegui encontrá-los mais. Ainda assim, fico feliz ao perceber como o Brasil é recebido, em qualquer parte do mundo. E sejamos felizes, sempre.
video

Um comentário:

  1. Frio ou não, deve estar valendo a pena estar por aí...Bom trabalho prá vocês todos...

    ResponderExcluir